Quilmes – A preferida dos Hermanos 

Vinda de uma das terras mais abençoadas pelos deuses do futebol, que nos deram de presente Messi e Maradona (nesta sequência de importância, para o escritor), a equipe que carrega o nome da mais famosa cerveja argentina também será um dos elencos com mais experiência em CEAs na bagagem, contando com 29 participações ao todo.

Muita experiência, poucos canecos. Somente Caco traz consigo um título no bagagem. Ele é o B+ dos argentinos, que contam com Marquinhos como A. Completam o elenco Haryson, Fernando, Nilton, Bruno e Rafael, na linha; Alex França será o portero.

A cerveja Quilmes tem 132 anos de história, com sua fundação em 1888, pelo alemão Otto Bemberg. Se tirar 101 anos daí, tem-se a média de idade da equipe que irá vestir azul e branco nesta CEA 2020 (31, para quem se perdeu na matemática). Quanto ao peso, são robustos 83 quilos de média, com Marquinhos agindo como âncora com seus 95 quilos; e Bruno com apenas 60 ainda tentando convencer a organização que consegue parar em pé. Altos mesmos, os atletas só ficarão ao ingerir algumas doses dos 4,9% do teor alcoólico da cerveja, já que o time soma média de 1,75 de altura. 

Os craques da Quilmes já marcaram 192 gols em CEAs, número que não foi ressaltado pelos jogadores, que destacaram a marcação forte como principal característica da equipe. “Teremos uma das melhores defesas do campeonato. Vai ser difícil passar pela nossa marcação”, garantiu o levinho Bruno.

Com slogan “o sabor do encontro”, metade do elenco é casada, e só encontra mesmo as esposas. A outra metade, solteiros e indecisos, até poderia encontrar mais pessoas não fosse a pandemia de Covid-19. 

Jeferson Nunes

Comunicação 

Copa Entre Amigos 2020

Comentários

Comentários