Amstel – os holandeses voadores

A segunda equipe a passar pelo nosso raio-x é a Amstel.

O time que representa a cerveja holandesa tem como dupla de A e B+ Albano e Jeff, respectivamente. O goleirão é Ravedutti, também conhecido como Dentista. Ou seja, se ele acabar acertando um soco em alguém em alguma saída de bola e arrancar um par de dentes, ele mesmo conserta o estrago. O elenco conta ainda com Heverton, Filipe Abatti, Karam, Marquinhos Pius (o plural do Piu) e Jonathan. O time tem média de idade de 34 anos, com os mais experientes com 44 (dois deles), e o mais novo com 28.

Na balança, a Amstel pesa relativamente pouco, com 82 quilos de média. O mais robusto é Heverton, com 95 quilos. O que menos dará trabalho para ser carregado para fora da quadra em caso de lesão é Jeff, com 72 quilos. Na altura, o time não assusta, com apenas 1,73m de média, o que pode dar velocidade ou fazer com que percam todas as disputas aéreas.

Todos os jogadores são destros (#ficaadica para os marcadores). As características mais citadas pelos atletas foram a velocidade, o chute e a marcação. Chute que realmente é calibrado na Amstel. Com um total de 16 participações em CEAs e três títulos, os oito craques já marcaram um total de 365 gols, puxados por Albano, que tem 231 e é o jogador Amstel que mais esteve nas quadras da CEA até aqui, com 10 copas na bagagem.

No campo do amor, o time tem 75% dos jogadores casados e os outros 25% devem dar trabalho e requerer algumas ligações às 9h aos sábados. Metade do elenco é novidade para este ano. Os quatro novos afirmaram que não vieram para brincadeira e que o caneco já tem dono, e será usado para beber Amstel.

Jeferson Nunes

Comunicação 

Copa Entre Amigos 2020

Comentários

Comentários